LOUIS VUITTON ASNIÈRES SPECIAL ORDERS – PARTE 2

Hi, Buddies,

Demorei a postar a segunda parte da minha visita à oficina de pedidos especiais da Louis Vuitton pois havia fechado uma parceria com a revista Quem, que publicou está matéria semana passada.

Bom, então vamos lá!

A oficina de Asnières é, inquestionavelmente, o coração da Louis Vuitton. Por mais de um século, de 1.859 até 1.977, esta foi a única unidade de produção da empresa. Por isso, permanece como o símbolo vivo da combinação única entre tradição e inovação. É em Asnières que a famosa mala hard-frame, aquela retangular e com base em madeira, continua a ser fabricada, bem como as bolsas em couros exóticos, as encomendas especiais e as bolsas de edição limitada para os desfiles da marca.

Todos os couros utilizados pela Louis Vuitton são armazenados em condições especiais, com controle de temperatura e umidade, sendo inteiramente verificados tanto na sua chegada à oficina, quanto antes da sua utilização. Segundo o artesão Carlos, que trabalha na oficina há mais de 15 anos, para a Louis Vuitton o couro do crocodilo é o mais precioso, por isso ele é cuidadosamente selecionado, sendo utilizado, apenas, a parte central de todo o couro do animal.

Ao conhecer a oficina, duas coisas me chamaram a atenção: o ambiente de trabalho extremamente silencioso e o fato de que, apesar das modernas instalações, a maioria das ferramentas e técnicas utilizadas pelos 185 artesãos da oficina de Asnières permanecem praticamente inalteradas desde o seu início, há mais de 154 anos, garantindo a tradição criada por Louis Vuitton.

Pedidos Especiais

Os pedidos especiais são uma tradição da Louis Vuitton, que sempre teve orgulho em atender as solicitações mais excepcionais e extravagantes dos seus clientes. Este departamento é supervisionado por Patrick-Louis Vuitton, que representa a quinta geração da família, sendo ele mesmo um artesão treinado e muito talentoso. A Louis Vuitton possui dois tipos de encomendas especiais: Made-to-Order e Custom-Made.

O Made-to-Order é um serviço oferecido pela Louis Vuitton que permite a variação de itens selecionados da coleção permanente. Ou seja, você pode escolher a cor, o tipo de material e os acabamentos de um modelo já existente e ainda personalizá-lo com suas iniciais.

Já o Custom-Made é onde a empresa e seus clientes desenvolvem juntos uma peça única, de acordo com o sonho e as necessidades de quem a encomenda. Os artesãos encontram nestes pedidos sua expressão máxima, já que os itens são feitos sob medida, com detalhes e protótipos especialmente elaborados. Neste caso, cada peça é feita do início ao fim por um único artesão, num processo que pode levar meses.

Enjoy!

As fechaduras em bronze cridas por George Vuitton, filho do Louis Vuitton, em 1.890, são patenteadas. É possível encomendar um jogo completo de malas e usar somente 1 única chave.

Detalhes…

Tudo é feito manualmente, um mala pode chegar a ter 7 mil pregos, martelados 1 a 1!

A estrutura de madeira e selecionada e montada pelos artesãos com uma técnica de dobradiça desenvolvida por Louis Vuitton.

Todas as malas hard-frame são até hoje fabricadas somente na oficina de Asnières, com as medidas e ferramentas utilizadas há mais de 100 anos pela marca.

Amostra dos tipos de couros utilizados na oficina

O artesão Carlos me explica sobre os tipos de couros

Mais explicações…

Mais couros…

O cobiçado couro de crocodilo Louis Vuitton

Queria ter levado esta vaquinha embora comigo…

Dentro da bandeja estão todas as partes necessárias e prontas para montar uma bolsa LV

Algumas malas prontas para serem entregues aos seus futuros donos

Malas prontas!

Queria uma, droga!

Os cantos e bordas são protegidos com um couro especial, martelado cuidadosamente com milhares de pregos

O canvas é milimétricamente alinhado em toda a estrutura, numa técnica perfeita e muito complexa

Realmente é um trabalho bem especial

Detalhes do processo de escolha da fechadura

Pregos, pregos e pregos!

Alguns dos pedidos mais exóticos, como uma mala de roupas da Barbie. Páh!

Maquinas modernas contrastam com a técnica artesanal da fabricação dos artigos Louis Vuitton

No segundo andar da Maison, existe um museu com algumas das peças mais icônicas produzidas pelas marca. Está mala é um clássico!

E, para finalizar, a matéria que escrevi para a revista Quem!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 Comentários:
  1. Marcelo Breddi Pitta

    Parabéns pela reportagem Kadu. Sucesso!

  2. Ju Pestana

    Ai ai … que sonho! <3
    saudades baby!
    bjo

  3. Leonardo Souza

    Incrível Kadu! Parabéns, curto demais seus posts.

  4. Elquer

    Muito legal !

  5. Marbelys Perez - bombillas led

    how beautiful everything, very good story, great

  6. Miguel Latorre - tiendas informatica online

    how beautiful everything, very good story, great