5 PERGUNTAS PARA: JASON WEISENFELD – VICE-PRESIDENTE DE COMUNICAÇÃO GLOBAL DA COACH NEW YORK

Blog do Kadu - 5 PERGUNTAS PARAHi, Buddies,

No último domingo, tive o prazer de almoçar com um dos nomes mais importantes por trás do sucesso da COACH NEW YORK no mundo, Jason Weisenfeld, que veio até São Paulo para prestigiar a inauguração da nova loja COACH na cidade, mais precisamente no shopping Iguatemi, que acontece hoje. (O BK estará lá, é claro!)

Seu almoço comigo foi o primeiro compromisso do vice-presidente de comunicação global da marca na cidade. Acho que estou ficando importante! Rs!

Almoçamos no restaurante Dalva e Dito, do mestre Alex Atala, e conversamos sobre os mais diversos assuntos que envolvem o universo masculino, e, é claro, que aproveitei para uma rápida entrevista, que vocês acompanham agora.

Kadu: Quais as expectativas da COACH com o mercado masculino no Brasil?

Jason: Esperamos ver no Brasil o mesmo sucesso que a COACH faz com o público masculino em outros países do mundo, especialmente com as bolsas e os acessórios, como capas para iPhone e iPads, não somente nas cores marrom e preto, mas também em outros tons mais coloridos, como azul, laranja e verde, ou ainda os produtos com listras. E que os homens no Brasil entendam a importância de se ter mais que somente uma bolsa de trabalho – Business bag -, mas também bolsas para o final de semana – Weekend bag – e bolsas para a academia – Gym bag.

Kadu: E as expectativas com o mercado masculino global?

Jason: Nos últimos três anos, os produtos masculinos na COACH são responsáveis por de 3% a 12% dos negócios da marca. O poder de crescimento com o mercado masculino tem superado nossas expectativas, principalmente com os relógios, casacos e sapatos. Várias lojas COACH exclusivamente masculinas estão sendo inauguradas em todo o mundo, tanto em shoppings como nas principais ruas de cada cidade e, esperamos em breve, ter uma assim no Brasil.

Kadu: Ultimamente, a COACH tem buscado colaboradores para algumas edições especiais, quais as próximas?

Jason: Obtivemos um grande sucesso com as colaborações de James Nares e Hugo Guinness e, atualmente, temos na loja a fantástica coleção COACH + BILLY REID (inclusive, aqui no Brasil!), com lindas bolsas e novos tipos de acessórios, como luvas de beisebol, cocktail set, a garrafas para whisky, em materiais como couro de crocodilo. E, no futuro, pretendemos fazer alguma pareceria com estilistas – e quem sabe um certo blogueiro – no Brasil, para este tipo de colaboração.

Blog do Kadu - James Nares Blog do Kadu - Hugo Guinness Blog do Kadu - Billy Reid

Kadu: O que os homens devem tirar agora do armário?

Jason: Milhares de homens ao redor do mundo se vestem muito bem, se preocupam com a aparência física, se vestem com ótimos casacos, excelentes ternos, mas precisam urgentemente ter um tempo para se atualizarem quanto as bolsas e pastas que usam.

Kadu: Como surgiu a ideia para o COACH NEW YORK STORIES?

Jason: Por ser uma marca de Nova York, a COACH carrega consigo uma energia inspirada pela cidade. O projeto COACH New York Stories é uma campanha global da marca que, através de pessoas influentes, e de diversos meios, expressam sua paixão pela cidade através de seu relacionamento com ela e a com COACH, já que a marca possui esse espirito e força da cidade de Nova York.

Em tempo: Depois de nomes como Karlie Kloss, Liu Weng e Will Chalker, a COACH convidou três brasileiros para estrelar sua campanha global New York Stories. Os nomes escolhidos foram a apresentadora Didi Wagner, a it-girl Kelly Piquet e o stylist Yan Acioli, que falaram sobre suas histórias e ligações com a Big Apple para o projeto da grife de acessórios.

Kelly Piquet

Kelly Piquet

Yan Acioli

Yan Acioli

Didi Wagner

Didi Wagner

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 Comentários:
  1. Fabiano Gomes

    Excelente entrevista Kadu. Adorei quando ele falou que os homens precisam urgentemente ter um tempo para se atualizarem quanto as bolsas. Sempre defendo essa teoria.

  2. Edson Nova

    Adoro bolsas mas, quem vive na correria entre faculdade, estágio e cursos deve a vida às mochilas!
    Só fiquei meio “pé atrás” com o couro de crocodilo: não sou vegan nem nada, mas não fico confortável com uso de couros e peles na moda.
    Papai biólogo: this is it!