TODAY’S OUTFIT #419

Hi, Buddies,

Hoje é um dia especial!

Como vocês já devem ter reparado, agora faço parte da rede F*Hits, a primeira plataforma de blogs e lifestyle do mundo. À partir de hoje, o blog contará com todo know-how e suporte que esta rede, comandada pelas queridas Alice Ferraz e Carol Quinteiro, possui.

E sabem o que isso quer dizer?

Mais moda masculina, mais viagens, mais profissionalismo, mais acessos, mais conteúdos exclusivos, mais parceiros… O blog e o meu compromisso continuam os mesmos, em sempre levar até vocês, de forma divertida e atual, o melhor deste universo ainda tão pouco explorado no Brasil: moda e lifestyle masculinos.

Começo com pé direito, no GQ que o F*Hits organiza no hotel Unique para a SPFW. É de lá que irei postar tudo sobre os desfiles masculinos da principal semana de moda do país.

Aguardem muitas novidades…

#BKNEVERSTOPS

😉

Blog do Kadu - TOF 419 1

Óculos: Italia Independent

Blazer: Gant

Camisa: Burberry

Lenço: Lanvin

Calça: Topman

Sapatos: Vivienne Westwood

Relógio: IWC Watches

Pasta: Hemb

Riviera: Priya

Pulseira com Olhos Gregos: Turquia

Pulseira Olho Grego: LeMi

Fotos/Photos: Arthur Vahia

PS.: Follow me on Facebook + Twitter + Instagram + Pinterest

;-)

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 Comentários:
  1. Edson Nova

    Demais!!!!

  2. Felippe Nascimento

    Quanto sai, um look desse ?

  3. alice ferraz

    lindo!!!! :)

  4. Ana

    universo “masculino”? Mais ou menos, né bi? Porque homem mesmo não se liga assim em moda…

    • Kadu Dantas

      Bom Ana, vai ver os que você se relaciona não se importam, né?! O que é bastante compreensível pelos tipos de comentários que você posta. Quem sabe o dia em que você for mais gentil, e menos boba, você consiga um homem bacana. Bjos e boa sorte.

  5. Edson Nova

    É impressionante como as mulheres legitimam e perpetuam o machismo…

    Eu poderia enumerar uma série de teorias da Estética para explicar o que é e pra que serve arte, mas não viria ao caso.
    Embora não haja consenso, quase todos os pensadores acreditam que arte é qualquer objeto ou prática humana voltada para a expressão da capacidade de reflexão (refletir sobre a própria existência é o que diferencia o homem dos demais animais).

    O ser humano passou a se vestir para adaptar o corpo ao ambiente. Mas os materiais, modelos e cores não eram escolhidos apenas pela utilidade. Eles passaram a expressar funções sociais. Passaram a organizar os ecossistemas artificiais criados pelo homem.

    Nossa cultura capitalista, liberal, ocidental, cristã-protestante e pós-industrial nos dá algo inédito: individualismo e mobilidade de classes sociais. Assim, a roupa não mostra mais o que devemos ser, mas sim o que queremos ser.

    Voltando a afirmação teórica inicial: se a roupa assume a função de expressar nossa capacidade de reflexão, ela pode ser chamada de arte. A aceitação moral da nudez só aumenta a força artística da roupa.

    Ou seja: todo mundo entende e gosta de moda… Claro, salvas as devidas proporções. Quem afirma que não gosta de moda na verdade não gosta do circuito formal e comercial das empresas e publicações do ramo (em se tratando de homens hétero, predomina o preconceito aos homossexuais e o temor ao poder financeiro das mulheres do ramo). Mas todas as pessoas, sem exceção, têm um conceito próprio de bom ou mau gosto. E todos gostam de se sentir adequados aos seu padrão de bom gosto.

    O que determinará o padrão dominante é a classe dominante. E eu não me refiro aos poderes político e econômico. Mas sim aos poderes simbólicos de formação de opinião. Mas aqui eu já estou saindo da estética e entrando na sociologia. Fica pra depois…

    Ana, não são as preferências estéticas que determinam a hombridade de um ser humano com cromossomos XY. Nem a sua orientação sexual. Já que você não está disposta a ter coesão, tenha ao menos coerência.

  6. Ana

    Look maravilhoso, parabéns.