TREND ALERT: CHAPÉUS

POST1Hi, Buddies,

Durante as semanas de moda europeias, rolaram muitas coisas interessantes nas passarelas e, também (como eu sempre digo), nas ruas! O Street Style por lá é bem forte e homens investem nas produções. E, como vocês devem ter visto no meu Instagram, eu estou com uma nova mania: chapéus. E digo mais, este é um gosto em comum de toda a equipe do BK!

Portanto, nós fomos atrás de quem é expert no assunto para pegarmos umas dicas de como usar e, quem sabe, fazer disso, novamente, uma mania fashion no Brasil – que explora pouco este acessório incrível.

A Nathassia Nogueira, “chapeleira” da marca Nathhats, faz chapéus sob medida para todos os genêros e gostos.

POST2

Antigamente, o chapéu era usado diariamente compondo a produção de homens e mulheres. Ele tinha o papel fundamental de proteger do sol e do frio também. Porém, com o passar dos anos e a mudança dos costumes, atitudes e comportamento da população, ele acabou ficando para trás. A relação com o chapéu, entretanto, mudou de necessidade para algo mais cool. “Chapéus são acessórios como os sapatos, é preciso pensar nas produções com carinho pois, de fato, ele altera o look, criando o charme que só ele transmite” afirma Nath.

Existem diversos tipos de chapéus: panamá (mais comum aqui no Brasil já é que muito usado em praias e locais mais ensolarados), fedora (o mais conhecido e usado atualmente), coco, cartola, homburg, cowboy, chapéu australiano, entre tantos outros. Mas, para a nossa chapeleira, essas divisões são importantes, porém podem ser ignoradas hoje em dia e usadas de acordo com a sua produção e/ou estilo. “Eu diferencio em dois tipos: chepéu de passeio e social”, define. “Chapéus de aba grande não são aconselhados em ambientes fechados, já que tampam a visão, neste caso use os menores”, completou.

Para usar um chapéu, além de seguir estas dicas, é muito importante sempre ter em mente que existem, e sempre existiram, boas maneiras e etiquetas aplicadas ao uso. Nada demais, coisa básica que os homens deveriam aplicar até ao boné. Exemplos: Retirar o chapéu se ele esconde os seus olhos e quando se senta em uma mesa. Sendo assim, “tire-o e o coloque junto à bolsa ou carteira”, ensina Nath. O importante, como diz ela, “é nunca perder a postura e elegância!”.

Gostou? Então vamos juntos apostar neste adorno que, com toda a certeza, traz classe e elegância ao homem.

Abaixo, algumas fotos dos homens que apostaram neste acessório pelas semanas de moda. Qual o seu preferido?

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *