TODAY’S OUTFIT #607

Hi, Buddies,

Pouca gente sabe, mas o coturno surgiu no começo do século passado e foi criado especialmente para soldados. Tanto é que, em inglês, coturno é conhecido como combat boots (em tradução livre, botas de combate).

Bem diferente de hoje em dia, os coturnos eram tão desconfortáveis em tempos de guerra que não tinham nem aos menos distinção entre pé direito e pé esquerdo, os soldados precisavam ir se adaptando ao calçado devagarinho.

Mas aos poucos, o que era apenas um acessório de combate, popularizou-se durante o surgimento do movimento punk, no final da década de 1970. Por serem de classe trabalhadora e sem muito dinheiro para investir em roupas e acessórios, os punks optavam por peças improváveis e que demostrassem rebeldia.

O estilo punk pedia camisetas surradas, calças rasgadas, jaquetas com tachas e é claro, coturnos bem desgastados. Bandas como The Clash, Ramones e Sex Pistols foram grandes referências de estilo na época.

Após todas essas transições, o coturno finalmente pode ser visto atualmente como um acessório que se encaixa em todas as tribos. Tanto é que ao longo do tempo surgiu um leque de opções para o calçado, com modelos estampados, lisos e até coloridos.

Eu gosto de usá-los de duas formas: com calça mais ajustada e propositalmente curta, como no look abaixo ou com jeans e as barras dobradas, como fiz neste TOF lá no início do BK (clique aqui e confira).

É isso!

Have a nice day!

TODAY'S OUTFIT #607

Chapéu: Borsalino

Óculos: Dior

Camiseta: H&M

Blazer: Gant

Lenço de bolso: Zara

Calça: Zara

Coturnos: Raphael Steffens (compre aqui)

Bolsa: FAD Design

Relógio: Cartier

Pulseiras Espinélio verde, Turquesa e Safira: Mônica Caetano

Pulseira couro: Antônio Bernardo

Riviera: Priya

Pulseira olho grego: LeMi

Anéis: acervo

Fotos/Photos: Arthur Vahia

PS.: Follow me on Facebook + Twitter + Instagram + Pinterest

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *