BKVIAJA: ÍNDIA – UDAIPUR

BKVIAJA – ÍNDIA – UDAIPUR

Hi, Buddies,

Vamos para a terceira parte da minha fascinante viagem à Índia!

Saímos de Jodhpur rumo a Udaipur logo após o café da manhã, por volta das 8h. Esta foi a viagem mais longa a cansativa de toda nossa andança pela Índia. No meio do caminho, para para visitar um verdadeiro esplendor arquitetônico chamado Ranakpur. Todo em mármore, trata-se de um templo Jainista, religião fundada no sec VI , baseada na vivência da não violência, em relação a todos os seres vivos. TODOS mesmos, até os insetos…

Chegamos em Udaipur no final da tarde, por volta das 17h. Apesar do cansaço, assim que descemos do carro tive a certeza de que aquele seria meu palácio favorito…

Jag Niwas, ou Palácio do Lago, é um palácio de verão construído no século XVIII pelo maharana Jagat Singh. O edifício encontra-se numa fundação natural constituida por um rochedo de 16,000 m² na ilha do mesmo nome no Lago Pichola. Atualmente, conhecido como Taj Lake Palace Hotel, possui 83 quartos e suites com paredes de mármore branco. Para chegar ao hotel, é preciso um barco que transporta seus hóspedes a partir de um cais no Palácio de Udaipur.

Tudo é majestoso e absurdamente lindo. Assim que pegamos o barco que nos levou até o hotel já comecei a me sentir dentro de um filme. E por falar em filme, quem curte a série James Bond deve se lembrar que este palácio foi o elemento central no filme Octopussy. Curiosidades a parte, sua fachada de mármore branco demonstra bem as suas influências Mughal. Na parte de dentro, toda a beleza e arquitetura que só a Índia consegue ter, com pequenos pátios floridos, fontes e jardins. As áreas públicas do Taj Lake Palace são mobiladas com antigas peças rebuscadas Rajasthani. Luxo na medida certa!

A minha suíte foi uma atração a parte! Abaixo apenas de presidencial, deveria ter mais que 100 m², ou seja, maior que meu apartamento. Com pé direito altíssimo, as paredes possuíam elefantes entalhados no mármore e uma varanda privativa para ver as apresentações de dança durante a noite.

Claro que não poderia faltar restaurantes fabulosos! O Pontoon pode providenciar refeições privativas em uma plataforma flutuante, enquanto no Gangaur é possível saborear refeições em pequenos barcos, com pratos preparados em uma cozinha aberta flutuante. Além disso, o Bar Amrit Sagar oferece diversos tipos de charutos, sheeshas e vinhos.

Sem sombra de dúvidas, o Taj Lake Palace foi meu hotel favorito por vários motivos. Confira nas fotos abaixo todos eles!

BKVIAJA – ÍNDIA – UDAIPUR

Bom, se o Taj Lake Palace era a residência da verão da família real de Udaipur, imaginem o palácio que era – e continua sendo – a residência oficial.

Conhecido como o segundo maior palácio da Índia, o City Palace, fica bem em frente ao Taj Lake Palace, na margem leste do Lago Pichola. É uma combinação facinante da arquitetura militar raiput, com técnicas decorativas do estilo mogol. Sua fachada austera como a de um forte  tem por cima diversos balcões, cúpulas e torres. Maior palácio do Rajastão, cobre uma área de 20.000 m2, sendo um conjunto de palácios construídos ou acrescentados  por 22 Maharajas, num reinado contínuo, entre os séculos XVI e XX. Apesar de boa parte ter se transformado em um museu, a família real ainda mora nos domínios do palácio.

A parte mais antiga do complexo data de 1.568. Por trás do muro fortificado há um labirinto de aposentos reais, salões de recepções e pátios. Tudo interligado por passagens estreitas e lances de escadas – uma característica dos palácios rajputs desse período, com o propósito de confundir os invasores.

No seu interior, é curioso observar que os aposentos dos Maharajas e de seus familiares eram pequenos por serem baixinhos. O museu ainda conta com pinturas das atividades palacianas, salões de conferência, cozinha e tudo mais que fosse necessário para uma vida luxuosa.

Uma experiência única a inesquecível!

Quero voltar logo…

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *